Tutoriais

Tutoriais G Suite

  • Top 6 conselhos (+1 de bónus) para um eficaz ERE Top 6 conselhos (+1 de bónus) para um eficaz ERE (Ensino Remoto de Emergência)Domingo de Páscoa, 12 abril 2020Gostava de dar acrescentar um conselho para o ERE (Ensino ...
    Publicado a 25/05/2020, 02:42 por Luis Pitta ‎[org]‎
  • Seis passos para desenhar módulos de aulas com o G Suite + Screencastify "Seis passos para o desenho de módulos de aulas digitais"1. Planificação Planificar uma aula digital. Ferramentas: G. Keep, G. Documentos, ScreencastifyGoogle Keep (e Keep extensão Chrome): Organizar e ...
    Publicado a 02/05/2020, 17:55 por Luis Pitta ‎[org]‎
  • Ebooks (BR) Retirado do site: www.eduedai.com.br (out2019)
    Publicado a 23/11/2019, 10:36 por Luis Pitta ‎[org]‎
  • 20 ideias rápidas para a sala de aula 20 dicas de utilização em sala de aula do G Suite para EducaçãoAbrir diretamente:docs.google.com/presentation/d/1NtsKu7mYIurkgbI0ccdeY0QxeeIzCj5UnN-3uajkp0A/
    Publicado a 23/10/2019, 05:49 por Luis Pitta ‎[org]‎
  • Steegle: Video tutoriais (EN) O site Steegle tem diversos video tutoriais interessantes:www.youtube.com/user/SteegleVideos/videosAceder a versões mais antigas do meu site:
    Publicado a 08/11/2018, 03:26 por Luis Pitta ‎[org]‎
A mostrar mensagens 1 - 5 de 5. Ver mais »

Top 6 conselhos (+1 de bónus) para um eficaz ERE

Publicado a 13/04/2020, 06:45 por Luis Pitta ‎[org]‎   [ atualizado a 25/05/2020, 02:42 ]


Top 6 conselhos (+1 de bónus) para um eficaz ERE (Ensino Remoto de Emergência)
Domingo de Páscoa, 12 abril 2020

Gostava de dar acrescentar um conselho para o ERE (Ensino Remoto de Emergência): Abrir formulário

1. Não diversifique nas ferramentas digitais, a menos que já tenha algum conhecimento prévio - Menos é mais! Se fizer isso vai diminuir a sua frustração e desespero! 

2. Esqueça o Zoom e o Webex e tantos outros programas de videoconferência que por aí andam! Se tem na escola o Google Meet (antes chamava-se Google Hangouts Meet) ou o Microsoft Teams mantenha-se fiel a ele. Chega de sobra para o que precisa! Além disso a maior parte do trabalho nem vai acontecer aí! A maior parte do trabalho vai acontecer dentro da plataforma de ensino, qualquer que ela seja (atente ao conselho 4).

3. Utilize o navegador Chrome. Mas isso não basta. Crie imediatamente os seus diferentes perfis (conta pessoal do pai, conta pessoal da mãe, conta escolar da Mãe, conta escolar do filho, etc.). Esta regra é válida para todos os utilizadores quer sejam professores ou alunos [Veja já como deve proceder?]

4.  O "verdadeiro" trabalho e todas as eventuais dificuldades não se vão colocar ao nível do domínio técnico da plataforma de ensino (Google ClassroomMoodle ou outra qualquer) onde criou a nova disciplina. As "enormes" horas de trabalho e a grande parte das dúvidas surgem a partir daí, ou seja, na construção e/ou adaptação (que por vezes é mais trabalhosa do que construir de raiz) de conteúdos pedagógicos que "preencham" semana após semana os conteúdos e as "propostas de trabalho" da minha disciplina, que seguidamente terá de ser testada, enviada, recolhida, avaliada e entregue aos alunos. Na semana seguinte repetimos o ciclo: construir, testar, enviar, avaliar, entregar e... mais uma semana voltamos a: construir, testar, enviar, avaliar e entregar...  percebeu a ideia, certo? 

As tarefas que consomem sempre muito tempo são sempre a primeira e a penúltima, ou seja, o "construir" e o "avaliar". Nas aulas presenciais, na maior parte das disciplinas, não é necessário "construir" pois está (quase) tudo nos manuais da disciplina. Sobra então o "avaliar" que consome sempre bastante tempo quer seja na avaliação tradicional de papel e caneta, quer seja no formato digital com o computador e a Internet. Se ficou de algum modo assustado/preocupado, sugiro a leitura do conselho bónus 7, no final desta página...

5. A chamada "aula em direto" ou videoconferência, onde, curiosamente, o video é o que menos importa (quando comparado com o áudio que é fundamental e a partilha de ecrã que é o nosso "quadro da sala de aula") tem características um pouco diferentes. Caso opte pelo seu agendamento, elas devem ser bem mais curtas e divididas em 2 tipos distintos: 
  • As aulas expositivas/demonstrativas de duração curta e
  • As aulas de dúvidas mais informais onde há mais interacção com a turma. 
Em termos práticos, tipicamente uma aula convencional de 90 minutos deve ser reduzida para cerca de 30 a 45 minutos e deve ter um carácter mais expositivo e/ou demonstrativo com pouca (ou nenhuma) interacção por parte dos alunos. A seguir (na mesma semana, por exemplo) deve agendar uma outra "aula em direto" somente para tirar dúvidas onde se pode convocar toda a turma ou somente os alunos com mais dúvidas ou que não entregaram (ou entregaram incompleto) o trabalho da semana. Todo este trabalho deve ser feito através de uma plataforma de ensino, que afinal está lá para nos facilitar a vida. Se estiver a utilizar o Google Classroom esta já nos permite associar um endereço permanente de video conferencia à disciplina para facilitar o agendamento destes momentos síncronos com hora marcada a que chamei de "aula em direto".

6. Evite, a todo o custo, manter conversas com alunos via e-mail individual. A ferramenta de email tem características únicas, a saber: é desorganizado, tem uma hierarquia frágil e a sua gestão consome sempre muito tempo. Deve em alternativa utilizar um E-mail de Grupo mas atenção, já gastámos demasiada tinta sobre os equívocos que alguns professores insistem em manter sobre este assunto, assim, e só se for o caso, não deixe de ler esta entrada: Tudo sobre e-mails de grupo. Mais uma vez se estiver a utilizar o Classroom tem a vida facilitada e pode dispensar a criação de um Grupo, pois o seu fórum central (Stream) permite manter uma certa comunicação bidirecional que pode ser mais ou menos "ruidosa", dependendo da sua configuração.

[Conselho bónus] 7. Relaxe, respire fundo - estamos TODOS a fazer o nosso melhor e a mais não devíamos ser obrigados! Partilhe estes conselhos com os seus colegas e amigos, coma (poucos) ovos de chocolate e tente converter este momento de crise numa (pequena, que seja) oportunidade de aprendizagem. 

Estamos juntos.

Tem algum conselho extra que gostaria de dar? Acrescente um conselho para o ERE (Ensino Remoto de Emergência): Abrir formulário

Seis passos para desenhar módulos de aulas com o G Suite + Screencastify

Publicado a 11/03/2020, 05:23 por Luis Pitta ‎[org]‎   [ atualizado a 02/05/2020, 17:55 ]

"Seis passos para o desenho de módulos de aulas digitais"

1. Planificação 

Planificar uma aula digital. Ferramentas: G. Keep, G. Documentos, Screencastify

Google Keep (e Keep extensão Chrome): Organizar e Partilhar Ideias

Uma nova vida para os meus recursos em Papel:

A partir de uma fotografia de uma folha A4 com uma atividade em papel > Carrego no Keep > Grab image text (OCR)
Copio a nota do Keep para o Google Documentos.
Adiciono o meu colega na Partilha.

Screencastify (e Screencastify extensão Chrome): Gravar um clip com as ideias retiradas do site A;

    Gravo também uma ideia sobre a lista de palavras e partilho como uma nota no Google Documentos.


2. Implementação
(Apresentação dos conteúdos aos alunos)

Gravar as instruções (as direcções) com o Google Slides

Vamos usar ferramentas gráficas: Gravar um clip screencastify.
Inserir o video no Google Slides
Alterar a partilha da pasta Screencastify para Todos no Domínio (caso contrário os alunos não vão conseguir ver os clips gravados)

Gravar umas palavras de encorajamento
Adicionar o clip do Drive para o Google Classroom

Quizlet: Para apresentar matérias por Flashcards, etc.
Fazer um pequeno clip video com instruções a demonstrar a utilização de um recurso.
Na partilha do Screencastify surge uma opção de "Copy Link" diretamente para o Classroom.


3. Experiências de Aprendizagem
()
Ferramentas: Google Sheets, Slides, Maps        
(Neste ponto o trabalho está do lado dos alunos)

Criar um roadmap da aula com o G. Sheets: Adicionar caixas de verificação nas células (Insert > Checkboxes).
Fazer um clip video a explicar cada ponto das caixas de verificação e adicionar o URL à folha de cálculo.

Monitorizar a produtividade de cada aluno

Vamos pedir que cada aluno grave (tambem com o Screencastify) partes do seu trabalho e enviem para o Trabalho (Assigment) criado no Classroom.

Aumentar a colaboração com o Google Slides.

Criar um Slides, Partilha-lo num Trabalho do Classroom em modo de Edição.
Cada aluno pode assim escrever no mesmo Slides. Adicionam um clip video + texto, permitido comentários entre a turma (Classroom).

Criação de mapas interativos com o MyMaps

Abrir o MyMaps para criar mapas interactivos pessoais.
Adicionar um pin. Dentro do pin gravar um clip video e inseri-lo no texto de apoio desse mesmo pin.

Aumentar as relações interpessoais entre alunos e professor.

    Cada aluno adiciona um pin de seu local de nascença. Adicionam um clip video a indicar onde vivem.

4. Feedback
()
Para o feedback ser eficaz deve ser dado atempadamente. Esta tarefa gasta sempre muito tempo.

Editar o documento enviado pelo aluno em modo de Sugestão. 
Gravar um clip e enviar o URL do clip nos comentários privados dentro do Classroom.

Fazer comentários video no Slides e inseri-lo na página (o Slides é multimédia, ao contrário do Docs que ainda não é!)


5. Avaliação
()
A avaliação online permite mostrar logo resultados aos alunos.
Permite correção imediata, criando mais um momento de aprendizagem.

Com o G. Forms vamos criar um formulário (que vai ser um Questionário) com um clip de video para uma lista de verificação informal.

Criar um Questionário de escolha múltipla (para avaliação) com o G. Forms. Nas perguntas erradas posso dar uma ajuda textual e visual com mais um clip video.

Podemos fazer perguntas em que a resposta é um clip de video. Bom para línguas.

Formulários Condicionais (ramificados)

Como fazer formulários com ramificações (Branching Quiz): alicekeeler.com/branchingform > Branching Quiz. 


    Ver o formulário final com as ramificações: docs.google.com/forms/d/1oDF9R59hHMUMMkgnxWG3BwxuccJJP7SoOBN_AGLdm1I


6. Reflexão
()
No final do módulo o professor e os alunos devem reflectir sobre o que aprenderam identificando os pontos fortes e os pontos a melhorar.

Primeiro o professor grava-se a ele próprio a dar uma parte da aula utilizando o seu computador portátil montado no final da sala a apontar para o quadro e o próprio Screencastify.
A seguir fazer outro clip de video com os seus comentários a indicar os pontos altos, e as áreas onde se pode melhorar (candid video). 
Esta reflexão multimédia não só irá colocar o seu diretor de boca aberta (!) como nos permitirá revisitar estes vídeos sempre que quisermos.

Levar os alunos a reflectir não só por texto mas também com um clip video é muito mais eficaz. Alem disso no video o aluno não tem de se preocupar com a pontuação e os erros gramaticais!


    Quiz final: Ver Perguntas e Respostas (PDF, 11 páginas).


Retirado do site da Screencastify em:







Ebooks (BR)

Publicado a 23/11/2019, 10:34 por Luis Pitta ‎[org]‎   [ atualizado a 23/11/2019, 10:36 ]



Retirado do site: www.eduedai.com.br (out2019)


20 ideias rápidas para a sala de aula

Publicado a 23/10/2019, 05:45 por Luis Pitta ‎[org]‎   [ atualizado a 23/10/2019, 05:49 ]

20 dicas de utilização em sala de aula do G Suite para Educação

20 ideias rápidas - G Suite Educação



Abrir diretamente:

Steegle: Video tutoriais (EN)

Publicado a 08/11/2018, 03:18 por Luis Pitta ‎[org]‎   [ atualizado a 08/11/2018, 03:26 ]


O site Steegle tem diversos video tutoriais interessantes:


Aceder a versões mais antigas do meu site:




1-5 of 5